Especialidades

Videolaparoscopia Ginecológica

A videolaparoscopia ginecológica é um procedimento cirúrgico que consiste na introdução de uma lente acoplada a uma câmara de televisão dentro da cavidade abdominal. A paciente é submetida a uma anestesia geral, e após, introdução de gás para distensão da cavidade. É realizada uma punção, através de um corte junto à cicatriz umbelicas, de aproximadamente 1cm.

Após visualizaçao da cavidade, é realizada uma segunda punção na altura da sínfise púbica para passagem de um instrumento de manipulação. Caso seja necessário, é feita uma terceira punção igualmente na sínfise púbica para que, com duas pinças introduzidas dentro da cavidade anabdominal, se faça as manobras e procedimentos cirúrgicos necessários.

Estas duas punções secundárias são realizadas sob visualização, uma vez que a ótica se encontra na cavidade, além disso, o corte para estas duas punções é menor, chegando a 0,5 cm.

A videolaparoscopia permite, assim, uma visão da cavidade pélvica, identificando a anatomia do útero, trompas e ovários. Além da identificação de defeitos anatômicos, podemos ter a possibilidade de correção de alguns casos, como aderências que são desfeitas com a introdução de pinças e tesouras para a retirada das mesmas.

Em caso de endometriose, podemos fazer a cauterização dos focos e melhora das condições pélvicas para tentativa de gestação. A avaliação da trompa em casos de infecções passadas e sua correlação com possibilidade de gestação.

Ainda, na videolaparoscopia, temos a introdução de material líquido (azul de metileno), através do colo uterino, testando a passagem pelas trompas, onde é visto na videolaparoscopia a região distal com permeabilidade ou não para cavidade pélvica. Assim, a videolaparoscopia, atualmente, deixou de ser um exame somente de visualização, mas ao mesmo tempo, permite um tratamento das condições alteradas da pelve em alguns casos.

É um procedimento, na maioria das vezes ambulatorial, não necessitando portanto, de internação e permanência hospitalar por período além do necessário à recuperação anestésica após o procedimento.